Maria Narcisa Cordeiro de Abreu Pires

Maria Narcisa Cordeiro de Abreu Pires

 

 

NARCISA ABREU CORDEIRO PIRES (Maria)  

Goiana, da Capital, 19.08.l946, autora de vários livros, destacando-se, "IN TOTUM" (POEMAS-1990), "GOIÂNIA-EMBASAMENTOS DO PLANO URBANÍSTICO ORIGINAL" (1989), este, em co-autoria com Normalice Maria de Queiroz. Escreveu também "BANDEIRANTE DAS ARTES PLÁSTICAS DE GOIÁS", com o qual recebeu MENÇÃO HONROSA, em Concurso Nacional, promovido pela Universidade Católica de Goiás. Filha de Antero Batista Abreu Cordeiro e Lina Carvalho Cordeiro. Fez o primário no Grupo Escolar Modelo. Cursou o ginásio no Instituto Maria Auxiliadora. Concluiu o segundo grau no Liceu de Goiânia, Colégio Universitário e Carlos Chagas. Formada em Arquitetura e Urbanismo, pela Faculdade de Arquitetura, da Universidade Católica de Goiás. Formou-se também em Botânica. Escritora, Ensaísta, Pesquisadora. Memorialista, Arquiteta, Poliglota. Urbanista, Escultora, Empresária. Historiadora, Artista Plástica, Ativista. Produtora Cultural, Pensadora, Intelectual. Conferencista, Oradora, Poetisa. Administradora, Educadora, Ficcionista. Literata, Cronista, Contista. Membro do Conselho Regional de Engenharia, Agronomia e Arquitetura(CREA), da Associação Brasileira de Engenheiros Sanitaristas, da Associação dos Artistas Plásticos de Goiás, do Clube dos Arquitetos, do Instituto de Arquitetos do Brasil, da União Brasileira de Escritores de Goiás, ocupa a Cadeira 35 da Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás. Anotada nos livros ESTUDOS LITERÁRIOS DE AUTORES GOIANOS e ESCRITORES DE GOIÁS, de Mário Ribeiro Martins. No Instituto Histórico e Geográfico de Goiás, ocupa a Cadeira 31, que tem como Patrona Eurídice Natal e Silva. Presente na ESTANTE DO ESCRITOR GOIANO, do Serviço Social do Comércio e em diversas entidades sociais, culturais e de classe. Encontra-se na REVISTA DA UBE GO-l989, bem como no livro ANÁLISES E CONCLUSÕES, de Nelly Alves de Almeida e ainda em GOIÁS-MEIO SÉCULO DE POESIA, de Gabriel Nascente. Biografada no DICIONÁRIO BIOBIBLIOGRÁFICO DE GOIÁS, de Mário Ribeiro Martins, MASTER, Rio de Janeiro, 1999. Seu pai, Antero Batista de Abreu Cordeiro, foi Prefeito de Pedro Afonso, hoje no Tocantins, em 1939, bem como proprietário da Fazenda Sumidouro, em Monte Alegre de Goiás, visitada pelo naturalista austríaco JOHANN EMANUEL POHL, em 1818. Quanto a Narcisa, é verbete do DICIONÁRIO DAS ARTES PLÁSTICAS EM GOIÁS, de Amaury Menezes.

Personalidade homenageada: :João D'Abreu

Bookmark and Share