JÁVIER GODINHO

FUNDADOR E PRIMEIRO TITULAR DA CADEIRA 10- JÁVIER GODINHO, Goiano, de Goiás Velho, 02.11.l936, escreveu, entre outros, "DA MINHA PRISÃO", in IMPRENSA GOIANA-DEPOIMENTOS PARA A SUA HISTÓRIA. Publicou também o livro “PENSE NISSO, SEJA FELIZ”(1998). Escreveu A IMPRENSA AMORDAÇADA-UMA CONTRIBUIÇÃO À HISTORIA DA CENSURA NO BRASIL -1964 a 1984(Comunicação, 2004). 
Redator da HORA DO ÂNGELUS da TV ANHANGUERA, de Goiânia, Goiás, programa levado ao ar por mais de vinte anos. 
Filho de Luiz Xavier de Araújo Godinho e Argentina Constant da Fonseca Godinho. Após os estudos primários em sua terra natal, no Colégio Santana, de Goiás Velho, deslocou-se para outros centros, onde também estudou. Fez o Ginásio no Colégio Diocesano, de Uberaba, Minas Gerais. 
Casou-se, em 30.12.1962, com Stella Rincon(Pires do Rio, 30.07.1943), com quem teve, Iuri Rincon Godinho(01.07.1964), Bertrand Rincon Godinho(12.02.1966), Ivana Rincon Godinho(14.05.1968), Aulus Rincon Godinho((08.04.1971) e Amanda Rincon Godinho(15.04.1989). 
Jornalista em diferentes jornais, entre os quais, DIÁRIO DO OESTE, O POPULAR, CINCO DE MARÇO. 
Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás, em 1959, com 23 anos. Técnico em Comunicação Social da Agência Nacional, onde trabalhou por 22 anos. Editor do jornal O POPULAR, durante 14 anos. 
Trabalhou para o jornal O GLOBO, entre 1970 e 1980. Redator do CERNE, onde criou a AGENCIA GOIANA DE NOTICIAS. Em 23.10.1963, com 27 anos de idade, escreveu o primeiro programa HORA DO ANGELUS, apresentado ainda hoje(2008), na Televisão Anhanguera. 
Em 14.04.1964, foi punido pela Revolução, sendo exonerado do CERNE. Em 20.04.1964, foi recolhido ao CEPAIGO(Penitenciária Agrícola de Goiás). Durante o tempo em que esteve preso, pagou sua própria comida ao Estado. 
Escritor, Poeta, Publicitário. Ensaísta, Pesquisador, Memorialista. Radialista, Jornalista Profissional, Espiritualista. Cronista, Contista, Produtor Cultural. Editor, Pensador, Intelectual. Administrador, Educador, Ficcionista. Conferencista, Orador, Ativista. 
Memoriado nos livros ESTUDOS LITERÁRIOS DE AUTORES GOIANOS e ESCRITORES DE GOIÁS, de Mário Ribeiro Martins. 
Membro da Associação Goiana de Imprensa, da União Brasileira de Escritores de Goiás, da Associação Profissional dos Radialistas, do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Goiás, além de outras instituições sociais, culturais e de classe. 
Espírita Kardecista. Redator da REVISTA ESPIRITA ALAN KARDEC. Doutrinador da Federação Espírita de Goiás. 
Presente na ESTANTE DO ESCRITOR GOIANO, do Serviço Social do Comércio, no livro IMPRENSA GOIANA-DEPOIMENTOS PARA A SUA HISTÓRIA, de José Mendonça Teles e Alírio Afonso Oliveira, bem como em TRONCO E VERGÔNTEAS, de Antonio César Caldas Pinheiro e Zanoni de Goiaz Pinheiro. 
Biografado no DICIONÁRIO BIOBIBLIOGRÁFICO DE GOIÁS, de Mário Ribeiro Martins, MASTER, Rio de Janeiro, 1999. Mencionado no DICIONÁRIO DO ESCRITOR GOIANO(2006), de José Mendonça Teles. Não é referido no DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE GOIÁS(1984), de Ciro Lisita Júnior. 

Na Academia Goianiense de Letras é Titular da Cadeira 10, entre os Titulares, tendo como Patrono Huberto Rohden
É verbete do DICIONÁRIO BIOBIBLIOGRÁFICO REGIONAL DO BRASIL, de Mário Ribeiro Martins, via INTERNET, dentro de ENSAIO, no site www.usinadeletras.com.br ou www.mariomartins.com.br 

Bookmark and Share