IÚRI RINCON GODINHO

FUNDADOR E PRIMEIRO TITULAR DA CADEIRA 11- IÚRI RINCON GODINHO, Goiano, da Capital, 01.07.l964, dentre outros, escreveu, "UMA LUZ NO FIM DO MUNDO"(1990), sem dados biográficos completos no livro e sem qualquer outra informação ao alcance da pesquisa, via texto editado. 
Filho de Stela Rincon Godinho(Pires do Rio, 30.07.1943) e do jornalista Jávier Godinho(Goiás Velho, 27.11.1936), este, produtor do programa “HORA DO ANGELUS”, da Televisão Anhanguera de Goiânia, apresentado por José Divino. 
Quanto a Iúri, casou-se em 14.07.1990, com Adriana Alves Ferreira(Goiânia, 09.03.1969). Iuri Godinho é Jornalista Profissional formado pela Universidade Federal de Goiás, em 1985, com 21 anos de idade. Assessor de Informática da Secretaria de Ciência e Tecnologia. 
Fundou e dirigiu a agência CONTATO VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO. Especialista em Assessoria de Imprensa e Publicidade. Escritor, Poeta, Contista. Publicitário, Produtor Cultural, Pensador. Cronista, Ensaísta, Pesquisador. Ativista, Conferencista, Orador. Literato, Administrador, Ficcionista. Educador, Memorialista, Intelectual. Editor da Revista MARKETING EM GOIÁS. 
Membro da União Brasileira de Escritores de Goiás, de que foi seu Presidente, da Associação Goiana de Imprensa, da Associação das Empresas de Publicidade do Estado de Goiás, além de outras entidades sociais, culturais e de classe. 
Examinado nos livros ESTUDOS LITERÁRIOS DE AUTORES GOIANOS e ESCRITORES DE GOIÁS, de Mário Ribeiro Martins. Presente na ESTANTE DO ESCRITOR GOIANO, do Serviço Social do Comércio, em várias antologias de poesia e prosa, bem como na REVISTA DA UBE GO-l989 e ainda no livro TRONCO E VERGÔNTEAS, de Antônio César Caldas Pinheiro e Zanoni de Goiaz Pinheiro. 
Encontra-se na antologia GOIÁS-MEIO SÉCULO DE POESIA, de Gabriel Nascente. Seu pai, Jávier Godinho, nascido em Goiás Velho, é um dos mais ilustres nomes da Imprensa Goiana. 
Biografado no DICIONÁRIO BIOBIBLIOGRÁFICO DE GOIÁS, de Mário Ribeiro Martins, MASTER, Rio de Janeiro, 1999. Referido no DICIONÁRIO DO ESCRITOR GOIANO(2006), de José Mendonça Teles. 
Publicou, recentemente(2004), o livro MÉDICOS E MEDICINA EM GOIÁS-DO SÉCULO XVIII AOS DIAS DE HOJE, em que relata, entre outras, a história de JOANA LOWELL BOWEN, que escreveu o livro TERRA PROMETIDA, Melhoramentos, 1957 e que foi proprietária de Fazenda, no Rio das Almas, entre Ceres e Goianésia, tendo morrido em Brasília, sendo sepultada ao lado do túmulo de Bernardo Sayão e de seu esposo LEEK BOWEN(VER em www.mariomartins.com.br, O VERBETE JOANA LOWELLL BOWEN). 
Editou também o livro A HISTÓRIA DA PROPAGANDA EM GOIÁS(2006). 

Na Academia Goianiense de Letras é o Titular da Cadeira 11, entre os Titulares, tendo como Patrono Pio Vargas Abadio Rodrigues. 
É verbete do DICIONÁRIO BIOBIBLIOGRÁFICO REGIONAL DO BRASIL, de Mário Ribeiro Martins, via INTERNET, dentro de ENSAIO, no site www.usinadeletras.com.br.

Bookmark and Share