AVILMAR ÁVILA PEREIRA

Avilmar Ávila Pereira

Cadeira:13

Patrono:Lev Tolstoi

Status:

AVILMAR ÁVILA PEREIRA, de Coari, Amazonas, 21.07.1947,escreveu, entre outros, DISCURSO DE POSSE, sem dados biográficos completos e sem qualquer outra informação ao alcance da pesquisa, via texto produzido. Filha de Antônio Castelo Branco Ávila e Maria Falcão Soares Ávila. Após os estudos primários em sua terra natal, deslocou-se para outros centros, onde também estudou. Formou-se em Direito e Letras Vernaculas, pela Universidade Católica de Goiás. Pós-Graduação em Docência Universitária, pela UCG. Foi professora de Português durante mais de 20 anos. Dirigiu o Colégio Àvila por alguns anos e participou da sua fundação em Goiânia, na época do Professor Krishnaaor Ávila Streglio. É sócia-fundadora da Faculdade Ávila da qual é Diretora Geral. Pela LEI Nº 15.309, DE 05 DE AGOSTO DE 2005, da Assembléia Legislativa de Goiás, sancionada pelo Governador Marconi Perillo, recebeu o Titulo Honorifico de Cidadã Goiana. Pelo DECRETO Nº 6.405, DE 17 DE MARÇO DE 2006, da Assembléia Legislativa de Goiás, sancionada pelo Governador Marconi Perillo, recebeu a Ordem do Mérito Anhanguera, no Grau de Comendador. É também mãe de Wilson Pereira Ramos Junior. Diretora da Faculdade Ávila de Ciências Humanas e Exatas Ltda. Atende pelo e-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Tem o Site: www.faculdadeavila.com.br Apesar de sua importância, não é referida no DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO DE GOIÁS(1984), de Ciro Lisita Junior, não é mencionada no livro DOSSIÊ DE GOIAS(2001), de Antonio Moreira da Silva. Não é estudada no DICIONÁRIO HISTÓRICO-BIOGRÁFICO BRASILEIRO(2001, 5 volumes, 6.211 páginas), da Fundação Getúlio Vargas e nem é convenientemente referida, em nenhuma das enciclopédias nacionais, Delta, Barsa, Larousse, Mirador, Abril, Koogan/Houaiss, Larousse Cultural, etc. Não é citada no DICIONÁRIO DE MULHERES(2000), de Hilda Agnes, bem como no DICIONÁRIO DE MULHERES DO BRASIL(2000), de Schuma Schumaher. Na Academia Goianiense de Letras é a Titular da Cadeira 13, entre os Correspondentes, tendo como Patrono Lev Tolstoi. Educadora e Jurista.

Bookmark and Share